Ir para o conteúdo

Sobre

Seja muito bem-vinda(o)! A sua decisão de saber mais sobre o Plenessência me garante que você é uma buscadora(o) de autoconhecimento, tranquilidade, cura, luz, felicidade, transformação, criatividade, contentamento e evolução! Parabéns por, desta forma, ser uma geradora(o) de mudanças no mundo!

Ser sua Plena Essência é reconhecer todo o seu potencial e vivê-lo naturalmente, curar as feridas do passado, quebrar padrões não saudáveis de comportamento, relembrar e vivenciar sua missão de vida, e viver no momento presente de acordo com a sua Verdade (com V maiúsculo mesmo, pois significa viver de acordo com o seu Eu Maior, Eu Divino, sua melhor versão que abrange todas as suas qualidades)!

É ter uma percepção ampliada da vida e das pessoas, confiando plenamente que tudo o que acontece na sua caminhada chega até você para facilitar o seu crescimento e para expandir a sua evolução!

É viver de forma inspiradora, leve, criativa, divertida, assertiva, focada e afetuosa! É saber que você é a diretora(o), roteirista, sonoplasta, produtora (o) e atriz (ator) principal da sua vida e que tem o poder pleno de mudá-la para que ela se adeque à sua visão e à sua missão!

É viver com ritmo e no fluxo! É dançar com prazer cada melodia que a vida te traz!

A sua jornada pode, e deve, ser mágica, interessante, fluída… Quando a trilhamos com a certeza de quem somos – tendo clareza das nossas qualidades, desafios, propósitos – vivemos de acordo com a nossa Pura Potencialidade aqui e agora!

Se você sente o chamado para relembrar a sua Plenessência e saber como ela pode evolucionar a sua vida pra sempre, você está no lugar certo!

Este canal de cura e evolução oferta para você ferramentas, técnicas, práticas e dicas que te conduzirão e facilitarão nesta jornada de auto-reconhecimento e de resgate da sua verdadeira essência!

Desta forma, você evolucionará a sua vida e a vida de todos que convivem com você, pois quando permitimos que nossa luz interna brilhe, não só iluminamos nosso dia-a-dia, mas também a vida dos que nos cercam, e ainda criamos espaço para que nossa família, amigos e colegas de trabalho façam o mesmo!

Todo mundo ganha, pois em uma realidade onde temos nossa consciência em evolução somos mais felizes, leves, agradáveis, criativos, inspirados e inspiradores!

Somos empoderados e empoderadores! Essa é uma realidade possível e ela está a seu alcance! Basta você escolhê-la e embarcaremos juntos em uma jornada cheia de boas aventuras!

  • Como reconhecer que você está desconectada(o) da sua Essência?
  • Quando você se julga ou se critica o tempo todo, encontrando defeitos no seu corpo, vida e modo de ser.
  • Quando você deposita a sua felicidade em pessoas, objetos ou situações.
  • Quando existe um vazio estranho e inquietante dentro de você e você sente-se perdida(o).
  • Quando sua mente está constantemente agitada e você sente-se ansiosa(o) e estressada(o) diariamente e, no final do dia, tem pouca ou nenhuma energia.
  • Quando você guarda rancor, ressentimento, raiva e tristeza em relação a pessoas e/ou situações do passado.
  • Quando você tem dificuldade em se perdoar e perdoar o outro.
  • Quando você repete padrões de comportamento e se culpa por eles.
  • Quando você depende da aprovação dos outros para se sentir bem.
  • Quando você se sente sem tempo para organizar sua vida e fazer as coisas que te dão prazer.
  • Quando você se sente vítima de uma situação ou pessoa.
  • Quando você se desconecta do seu coração e da sua intuição inata.
  • Quando você se comunica de forma agressiva-passiva ou simplesmente não consegue se comunicar de forma assertiva e tranquila.
  • Quando você se alimenta de forma não saudável e tem problemas de saúde.
  • Quando você está desconectada(o) do seu corpo e dos sinais que as sensações corporais oferecem.
  • Quando você tem dificuldades para dizer não.
  • Quando você se sente sozinha(o) e incompreendida(o) pela sociedade, amigos e familiares.
  • Quando você sabe que não está expressando seu potencial, não sabe como fazê-lo e nem como realizar seus projetos e sonhos.
  • Quando a vida dos outros parece mais interessante do que a sua.
  • Quando você acredita nos dramas e histórias que a sua mente te conta.

 

  • Como sentir e saber que você está vivendo sua Plenessência?
  • Quando você se sente segura(o) e confortável com seu corpo, jeito de ser e estilo de vida, independentemente do que outras pessoas, sua família, a sociedade ou a mídia dizem!
  • Quando o seu nível de energia é estável o dia todo e você tem empolgação para realizar as atividades diárias!
  • Quando você sente que está vivendo seu propósito/missão de vida!
  • Quando você inspira e contagia amigos, colegas de trabalho e familiares!
  • Quando os desafios são encarados com curiosidade e as soluções para eles surgem de forma inovadora e criativa!
  • Quando você sente-se empoderada(o), capaz de manifestar seus sonhos e intenções e você age de acordo com eles!
  • Quando sua felicidade não depende de pessoas ou situações externas!
  • Quando você tem consciência plena de que seus pensamentos e ações são os criadores da sua realidade e você os usa a seu favor!
  • Quando o seu processo de tomada decisão vem de um equilíbrio entre o coração, sua intuição e as funções executivas do seu cérebro!
  • Quando você se comunica de forma assertiva e clara.
  • Quando você se autorespeita e sabe apontar limites e dizer não afetuosamente!
  • Quando você para de usar o seu tempo para se julgar ou julgar os outros!
  • Quando você se permite sentir prazer em todos os aspectos da sua vida!
  • Quando você trabalha o perdão e consegue transformar situações dolorosas em grandes ensinamentos!
  • Quando você trata o seu corpo como o seu templo, escutando-o, alimentando-se corretamente e praticando atividades físicas que gosta!
  • Quando você administra bem o seu tempo e usa-o a seu favor!
  • Quando você compreende o porquê dos padrões e repetições de comportamento e consegue transcendê-los positivamente.
  • Quando você confia na vida e nas pessoas!
  • Quando sua realidade externa reflete sua realidade interna.
  • Quando você se permite silenciar diariamente para entrar em contato com seu Eu Maior e permitir que ele te guie com fluidez e confiança.
  • Quando a vida dos outros não tem importância, afinal, você está vivendo intensamente a sua!
  • Quando a sua vida se torna uma manifestação do Divino e você encontra significado e contentamento em cada momento dela.